quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Matéria sobre os 50 anos da EE Dr. Rui Rodrigues Dória - Jornal Folha da Região Norte.


Saiu uma matéria sobre a fundação da Escola Estadual Rui Dória, antiga Escola Paroquial Olivo Gomes, no jornal Folha da Região Norte. Visitem http://folharnorte.com.br e conheçam o jornal.

São José dos Campos, fevereiro de 2012.

"No dia 17 de fevereiro de 1962 foi inaugurada a Escola Paroquial Olivo Gomes, hoje, Escola Estadual Dr. Rui Rodrigues Dória, na rua Olivo Gomes, 329, Santana, Região Norte de São José dos Campos. A fita foi descerrada pela viúva de Olivo Gomes e a bênção litúrgica quem fez foi o bispo auxiliar de Taubaté, D. Gabriel Bueno Couto.
                 Agora, adivinhe quem foi o fundador da escola, quem esteve à frente na construção e na administração? Você acertou se respondeu que foi o Monsenhor Luiz Gonzaga Alves Cavalheiro, o maior líder que a Região Norte já teve em toda a sua história.
                A ideia do Monsenhor Luiz era construir uma escola no centro de Santana para que os filhos dos funcionários da Rhodia e da Tecelagem Parahyba pudessem estudar. O dinheiro das empresas chegou, em 1961 as obras tiveram início e foi concluída no ano seguinte. O Padre contratou a melhor equipe para executar o serviço e acompanhava as obras de perto. Ainda em 1961 formou a primeira turma da escola paroquial Olivo Gomes que estudou em uma sala improvisada no salão do asilo dos Vicentinos, atrás da igreja matriz do bairro. Em 1962 foi aberta a segunda série, no próximo ano a terceira e por fim a quarta série.
               Cleide Maria Fonseca Gouvêa Pereira, ex-vice-diretora da escola, contou ao Jornal Valeparaibano que ela estudou na escola naquela época e que quem dava as aulas eram freiras da Congregação Cordimariana da região do Nordeste. Elas foram chamadas pelo Monsenhor Luiz especialmente para dar aulas na nova escola. Ela lembra que as crianças achavam o sotaque nordestino das freiras muito chique. Cleide também contou que todos queriam estudar ali, mas só estudava quem era filho de funcionário das empresas de Santana, eu pai era funcionário da Tecelagem. Ela disse que o uniforme era parecido com um avental, um vestido xadrez azul marinho que tinha mangas e era abotoado atrás. Os sapatos deviam ser pretos e meias brancas. Quando faltava um professor, os alunos rezavam terço enquanto esperavam o substituto. O Padre Luiz também dava aula, de religião.
              Na década de 80, Monsenhor Luiz estava ocupado com as obras do hospital Pio 12 e já não dava conta de cuidar da escola, assim como as empresas que também entraram em declínio nesta época e não podiam manter a unidade, então, ele decidiu vender ao governo estadual.
             A transformação foi feita no dia 8 de agosto de 1989. A escola passou a se chamar Escola Estadual Dr. Rui Rodrigues Dória, mais conhecida por Rui Dória.
            Em 2007 a escola passou por reforma de ampliação.
            Muito da história e do patrimônio da escola foi descoberto por um grupo de professores, entre eles, a historiadora Sônia Gabriel, durante as reformas que a escola teve. A intenção dos professores é de transformar o histórico em um livro.
            Hoje, a equipe gestora conta com a diretora Ordália de Almeida Oliveira Ferreira, vice-diretora Léa Marta de Oliveira Rocha, coordenadora do Ensino Fundamental Gisele Teixeira Rocha e coordenadora do Ensino Médio Rita de Cássia Castilho de Araújo.
            A escola atende o Ensino Fundamental, ciclo 2 e também o Ensino Médio. Funciona nos três períodos (manhã, tarde e noite).
            A diretora Ordália afirmou que a escola que neste ano completa meio século de história terá boas surpresas que serão divulgadas no Jornal Folha da Região Norte. “O ano está começando. Vamos nos organizar para iniciarmos bons projetos neste ano”, disse.

Fonte: Blog da historiadora Sônia Gabriel: misteriosdovale.blogspot.com."


5 comentários:

SONYA MELLO disse...

Sonia, muito legal saber sobre a fundação do Rui Dória. Adorei! bj

SONYA MELLO disse...

Sonia, muito legal saber sobre a fundação do Rui Dória. Adorei! bj

SONYA MELLO disse...

Sônia, adorei saber mais sobre a história do colégio de minha filha! Obrigada!

Getulio José de Araújo Silva disse...

Penso que houve engano quanto a transferência desta escola para o Estado, em 1989.
Em 1970 ou 1971 fui professor de Desenho na Escola Estadual Rui R. Dória, em Santana, São José dos Campos. Abrs. Getúlio

Mistérios do Vale disse...

Obrigada pela informação, podemos comparar com os documentos oficiais da escola. Valeu!