terça-feira, 3 de maio de 2011

Para Sonya Mello - Janelas

Sonya Mello, pelas ruas em que  Vincent caminhou, guardei portas e janelas para você...








Com carinho,
Sônia Gabriel

2 comentários:

SONYA MELLO disse...

Que janelas são estas, que se abrem, de repente,
E que portas me esperam, com mistérios em seu interior...
Van Gogh, o mestre dos mestres,
Só de imaginá-lo perambulando por ali... que sensação única, quase sombria!
Através dessas iamgens, o privilégio de estar lá, sem ter estado,
de sentir o frio, sem ter sentido,
de ver rastros das mãos de um gênio,
sem ter visto realmente!
Obrigada, amiga Sônia, estou emocionada...

mural do ajosan disse...

Puxa, que imagens belas, fico imaginando também o mestre perambulando por ali; belo presente, Sonya. Abração.